218 269 333

Horário: 9:00-18:00 (2ª - 6ª)

Back to Top

ENVIO GRATUITO
para encomendas a partir de 49€
ENTREGAS EM 24H
em Portugal
MAIS DE 100.000 CLIENTES
satisfeitos em toda a Europa
PRODUTOS ELABORADOS
em laboratórios certificados UE

Flora intestinal: a importância dos probióticos e prebióticos

21/07/15 14:37

probiotici

Um adulto saudável é portador de cerca de 1kg de bactérias no intestino, só a parte final do tubo digestivo tem cerca de 200 espécies diferentes. O equilíbrio desta população de milhões de bactérias que habita no nosso intestino é essencial para a saúde gástrica mas tem também influência noutros indicadores de saúde como o sistema imunitário ou as intolerâncias alimentares 1.

A flora intestinal pode ser negativamente influenciada por uma alimentação desequilibrada, um estilo de vida pouco saudável, stress ou pela toma de medicação (em particular de antibióticos). Este desequilíbrio pode conduzir ao aparecimento de vários problemas tais como distúrbios intestinais e diarreias e é por isso que é tão importante dar ao organismo aquilo que ele precisa, tanto para um bom desenvolvimento das bactérias boas como para evitar que outros microrganismos maus invadam o intestino 2,3. É aqui que entram os probióticos e os prebióticos dos quais provavelmente já ouviu falar, mas sabe quais as suas funções? Onde os podemos encontrar?

Os probióticos são microrganismos vivos adicionados em alimentos ou consumidos através de suplementos alimentares que ajudam a manter um balanço adequado das bactérias intestinais. As bactérias lácteas são um dos probióticos mais conhecidos e podem ser encontradas nos iogurtes, leites fermentados e são também habitualmente adicionadas a produtos destinados aos mais pequenos.

Podem também ser ingeridos através do consumo de kefir, tempeh ou tofu 3,4.

Benefícios: 

  • Aumentam a absorção de minerais – em particular o cálcio
  • Melhoram na digestão da lactose – em particular nos intolerantes à lactose
  • Facilitam o trânsito intestinal e reduzem a obstipação
  • Reduzem o colesterol e a tensão arterial
  • Favorecem a formação de anticorpos

Por outro lado, os prebióticos são substâncias não digeríveis presentes naturalmente nos alimentos que favorecem o crescimento e a proliferação de bactérias benéficas para o sistema digestivo, estas componentes existem essencialmente em frutas, vegetais ou leguminosas e são dificilmente digeridas pelo intestino mas isso representa uma vantagem porque servem como alimento para as bactérias boas melhorando assim o equilíbrio da flora intestinal 2,4.

Um dos tipos de prebióticos é o frutooligossacarídeos (FOS) fundamentais para o crescimento de bifidobactérias. Uma das maiores fontes é a batata Yacon com origem na América Latina e que, ao contrário da batata mais comum, é rica em fibras alimentares o que para além de significar que é rica em prebióticos quer dizer também que pode ter alguns efeitos na saciedade e na inibição do apetite. Um consumo mais elevado de fibra pode também contribuir para uma melhoria na diabetes e para uma redução do risco de doença cardiovascular.

O Yacon é considerado um alimento funcional cujos estudos recentes apontam ainda como podendo ter benefícios para a saúde através do aumento da resistência a infecções e reacções alérgicas 5,6.

Os inúmeros benefícios para a saúde são conseguidos em conjunto pois os probióticos e os prebióticos têm um efeito simbiótico, ou seja, potenciam o efeito um do outro. É muito importante consumir probióticos mas esse consumo deve ser acompanhado por uma alimentação repleta de alimentos ricos em prebióticos como os FOS naturalmente presentes no Yacon. “A microbiota humana exerce um papel importante tanto na saúde quanto na doença e a suplementação da dieta com probióticos e prebióticos pode assegurar um maior equilíbrio da flora intestinal7.

Patricia Fernandes
Dietista
Licenciada em Dietética e Nutrição

Referências:

(1) Alterations in intestinal microbial flora and human disease, Othman M, Agüero R, Lin HC. Current Opinion in Gastroenterology, volume 24, issue 1, 2008
(2) Probiotics and prebiotics, World Gastroenterology Organization Practice Guideline, 2008
(3) Prebiotics/Probiotics, factsheet, The University of South Dakota, 2011
(4) Fiber and Prebiotics: Mechanisms and Health Benefits, Joanne Slavin. Nutrients, volume 5, issue 4, 2013
(5) Yacon (Smallanthus sonchifolius): a functional food, Delgado GT, Tamashiro WM, Maróstica Junior MR, Pastore GM. Plant Foods for Human Nutrition, issue 3, 2013
(6) Yacon (Smallanthus sonchifolius): a food with multiple functions, Almeida Paula A, Abranches MV, Luces Fortes, Ferreira CL. Critical Reviews in Food Science and Nutrition, volume 55, issue 1, 2015
(7) Probiotics and prebiotics: the state of the art, Susana Saad. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas, 2006

Os suplementos alimentares não devem ser utilizados como substitutos de um regime alimentar variado. Não deverá exceder a toma diária recomendada. Manter fora do alcance e da visão das crianças. Este Suplemento Alimentar não é um medicamento. Não tomar em caso de hipersensibilidade a um dos ingredientes. Recomenda-se o consumo de pelo menos 2 litros de água por dia. Não utilizar em caso de gravidez ou lactação. Indivíduos com uma condição médica conhecida devem consultar um médico antes de usar este ou qualquer suplemento dietético.

Posted in Conselhos de Nutrição By

Patrícia Fernandes

Post Comments

Enviar Comentários




* Campos obrigatórios

 
 
 
Ana Formafit